domingo, 16 de novembro de 2008

Jornalistas


Estava eu à procura de inspiração no Correio da Manhã (não há melhor para temas abstrusos) quando li: (...) Quanto ao homem que atropelou o bebé, de dois anos, seguia num Volkswagen Golf cinzento e "nem sequer abrandou", lamentam os moradores. "Se o apanhássemos, matávamo-lo".

Não percebo bem se eles lamentam que o tipo não tenha parado para levar o puto ao Hospital se lamentam que ele não tenha parado para o poderem matar com toda a calma.

Estas coisas enervam-me. O raio dos jornalistas nunca fazem a pergunta que se impõe.

Hélas!

3 comentários:

alegria disse...

cava...

Blimunda disse...

Já são tão poucos os jornalistas que sabem pensar, não admira...

mac disse...

Alegria, pois, porque é que não se dão conta?...

Blimunda, na verdade não sei se é não saber pensar se é não saber escrever... E dos dois venha o Diabo e escolha!