domingo, 5 de julho de 2009

Fuga


Gostava de fugir para uma ilha paradisíaca do Pacífico e ficar por lá uns anos, a viver do sol e da boa disposição.

O problema é que teria de trazer comigo uma data de gente que não tem qualquer interesse em ilhas atrás do sol posto.

Isto é só coisas que me ralam.

Hélas!

8 comentários:

Maria de Fátima disse...

ora! fugir para uma ilha (ainda mais paradisiaca) é mesmo sem gente!! e sem muita outra coisa...
a pensar assim, a cunhada nem sonha sequer com o raio da ilha!!

Blimunda disse...

Eu tenho um inesgotável interesse por ilhas paradisíacas. Pena que seja virtual!

Mofina Mendes disse...

Atenção: A não perder o último post da Quadratura.

Mofina Mendes disse...

Atenção: A não perder o último post da Quadratura.

Mofina Mendes disse...

As ilhas são uma seca...

mac disse...

Maria de Fátima, sonho, sonho! E com gente! (quero dizer, alguma...)

Blimunda, ná, virtual é melhor que nada.

Mofina, já li e já comentei.
As ilhas que são uma seca estão no Sahara, não no Pacífico.

jg disse...

Mac, a menina não sabe rodear-se das pessoas certas.
Quem pode negar-se a ter tempo para pirar-se para uma ilha paradísiaca?!
Comigo, era de cruz!!!

mac disse...

Deite lá a menina fora, que me eriça os pelos dos braços.

mac é o meu nome, como tem passado, jg?

Eu também não compreendo a repulsa ao paraíso, ainda por cima rodeado de mar. Será da companhia...