quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

Liberdade


Sempre foi o meu bem mais precioso; mas às vezes temos de ofertar o que nos é mais precioso.

Pasmo com a minha sorte.

Partilhando o Tempo com outros, esta decisão é difícil pois o que damos a uns sonegamos a outros, quiçá mais merecedores... Mas nunca esta falta me foi cobrada, antes pelo contrário - sou frequentemente ajudada nas prestações diárias.

Há malta com sorte, não há?!?

Hélas!

6 comentários:

Blimunda disse...

Com muita, mesmo!

Funes, o memorioso disse...

Há.
Feliz Natal!

Blimunda disse...

Mac, vou dar um giro. Falamo-nos um destes dias.

Tudo de bom e FICA BEM!

Mofina disse...

Posso ajudar?

mac disse...

Bli, estás absolutamente proibida de dar giros assim. Um destes dias?!? Tás maluca ou quê?

Eu estou como sempre sou, viva e a espernear - mas tu, como é? Que giro? Aonde? Com quem? Quanto tempo? 'Tás contente? Quando voltas?

mac disse...

Funes, pois é, bem sei :)... E obrigada.
Desejos de Natal já não vão a tempo mas um bom ano ainda vai - desejo-lhe um óptimo 2010!

Mofina, infelizmente não pode - ninguém pode ajudar um coxo a andar com 2 pernas.

Mas a sua oferta acendeu (mais uma) luzinha no meu Natal, obrigada.