sábado, 7 de fevereiro de 2009

Felicidade


Pensem nesta questão: que vos faria felizes?

A paz no mundo? Uma nova Madre Teresa? Uma pacífica solução israelita/palestiniana? Indústrias e carros não-poluentes? A morte da pedofilia? O desaparecimento de Mugabe? Saldos verdadeiros? A erradicação da malária? Uma beleza estonteante? A cura para a Sida? Ganhar o Euromilhões?

É fantástico como entregamos a felicidade a coisas fora do nosso controlo.

Hélas!

14 comentários:

Alferes disse...

Pois é Mac! Assim temos sempre uma desculpa!

Jardineira aprendiz disse...

É por isso que eu gosto da versão oriental... (continua aqui)

mac disse...

Alferes, pois é...

Jardineira, são cenas fascinantes.

Álvaro disse...

Drª Mac

Nem todos, quem for rico,bonito egoísta, saudável, europeu e branco, não precisa de nada disso que disse para ser feliz.

Estava a pensar no Cristiano Ronaldo

mac disse...

Álvaro, ah! Mas esse tipo precisa de uma bola que lhe faça as vontades... Caramba, eu devia ter posto a bola na lista.

Alferes disse...

Mac, o que me fazia mesmo feliz era que os nossos afilhados chegassem a "graúdos", como diz o pbl. Mais uma fora do nosso controlo...mas que havemos de fazer?!? São tão lindos!

mac disse...

Alferes, os nossos? Obrigada!
Chegarão a graúdos, sim! Se calhar não todos, mas chegarão. Tenho fé no pbl!

Álvaro disse...

Pois é verdade os jaquinzinhos não chegam a ser comidos com molho à espanhola.

Quem sabe sabe, quem não sabe ensina.

Dr`Mac

Mesmo sem bola e sem CR, há muitos que não precisam nada daquilo que disse para serem felizes,

mac disse...

Álvaro, acredito que sim. E se conseguem por a felicidade nas suas próprias mãos sem fazer mal a ninguém, tenho inveja deles.

Maria de Fátima disse...

uma excelente tarde de domingo e uma visita aqui

Mofina Mendes disse...

Acredite mac que para algumas pessoa a felicidade pode estar, por exemplo, num simples banho quente...

Marques Correia disse...

O segredo da abelha é apontar a um alvo suficientemente alto para dar gozo atingir e suficientemente baixo para se poder mesmo atingir.
Se se atingir sem esforço, não serve de nada; se não se conseguir atingir, fica-se numa desgraça.
A cura do cancro, o fim da pedofilia, a punição dos pedófilos e outros "bens" não pesam nada nesta contabilidade.
Para mim, claro!
Não creio na Felicidade, estática e à mão, do tipo agarrou-se, é nossa; mas acredito numa vida, num percurso feliz, umas vezes mais outras menos, navegando à vista...

Blimunda disse...

O que me faria feliz? Ter alguém a meu lado suficientemente feliz para entender por que não sou feliz.

mac disse...

Maria de Fátima, o Porto irrita-se. Uma vez, já há anos, eu sei, impediram-se de jogar snooker num café "porque uma senhora não pode". Até hoje não lhes perdoo...

Mofina, acredito sim. Mas é mais contentamento que felicidade, não?...

Marques Correia, acho que todos navegamos à vista, sim, é um caminho escolhido no imediato. Mas tarde na noite, não te "bate" a ânsia da Paz no mundo?

Blimunda, quem é que pode ser feliz ao lado de quem não é feliz?...