terça-feira, 20 de abril de 2010

Azares da vida


Há alturas na vida em que eu gostava imenso de acreditar em bruxas, búzios, "trabalhos", mau-olhado, enfim, toda essa panóplia de coisas fáceis que justificam os azares da vida.

Ia a um desses curandeiros cheios de recursos, pagava, claro, e voilá! A vida voltava à normalidade, simples e feliz.

Em vez disso, acredito que acontecem azares à gente, sem culpas e sem razões maiores que o facto de todos sermos gente e as gentes terem uma natureza falível - as coisas acontecem quando acontecem e a quem acontecem e pronto.

Que chatice. Se calhar ponho um processo aos meus pais, por não me terem criado a acreditar em bruxas. Bem mereciam esse azar, não acham?

Hélas!

11 comentários:

Maria de Fátima disse...

tu, minha estimada cunhada, falta-te tanta coisa dessa dita básica que quase me dás pena: agora nem sequer acreditas em...eu já não digo em bruxas, mas tu nem nos búzios?! na próxima ida aquela pria que gente sabe, apanho-te meia dúzia e ensino-te: a ouvir o mar...

jg disse...

Eu não acredito em bruxas mas estive até agora a preparar mais uma fornada para a malta da MEO e Cia.
Mais tarde relato, pelo canal do costume.
Que odisseia!!!!!

Blimunda disse...

Também me dava jeito um curandeiro. Dos que levam todos os males e trazem todos os bens e não ao contrário.

Funes, o memorioso disse...

Sabia que eu sei ler as entranhas do leitão?
Posso saber do seu futuro, se estiver disposta a susbsidiar-me uam viagem à Mealhada.

jg disse...

Mac, não embarque nas pantominices do Funes.
Está a armar-se em vidente das fressuras e mal sabe o que é uma caçoila de cabidela.
Cá para mim perdeu (pela enésima vez) a carteira na Mealhada e quer um subsídio de transporte para a resgatar.
Que vá de comboio e que se apeie em Aguim.

privada disse...

Nós tbm iamos curtir largo, já estou a imaginar historia vodu, bonecas, Socrates , é de facto uma pena

privada disse...

Nós tbm iamos curtir largo, já estou a imaginar historia vodu, bonecas, Socrates , é de facto uma pena

Blimunda disse...

Bom dia, Mac.

Blimunda disse...

Bom fim de semana, Mac.

mac disse...

Maria de Fátima, eu sei ouvir o mar, o que não sei é corrigir a vida...

jg, cá fico à espera! Atenção que o canal do costume mudou ligeiramente, ok?

Funes, não há nada mais baratinho, tipo leitura das entranhas de mosca ocasional? De preferência - mas sem ser obrigatório - apanhada numa Área de Serviço, são mais em conta.

privada, detesto bonecas mas depois percebi: vodu, Sócas, fogo, que alívio.

Bli, olá, minha amiga. Tks

AC disse...

Eu acho que melhor que acreditar em bruxas é acreditar que os azares são oportunidades para coisas melhores acontecerem.